Estrada

por Dulcineia Vitor

A parte mais gostosa da viagem é o retorno para a casa, a estrada fica mais colorida, a brisa mais fresca, os aromas mais acentuados. Cada quilômetro: sorrisos, brilho no olhar.

Viagem traz bens para a alma. O retorno traz paz.

Se encontrar no abraço amigo, morar lá, e se perder em olhares; o que é familiar cuida, protege, alimenta.

Asas levam pra longe, raízes fazem voltar,

Liberdade é saber escolher, é amar o que é, como é. Liberdade não tem a ver com não pertencer, tem a ver com não se perder. Tem a ver com ter o olhar com longo alcance, com ter as mãos fortes e os passos firmes.

Faça as malas.

Perceber quem você é, sentir sabores sozinho, fazer escolhas sem opinião alheia, dizer “nãos”, ter conversas olhos nos olhos, não temer. Desfiar-se em desejos. Olhar em volta e se parabenizar pelas conquistas.

Somos tão grandes livres, tão encantadores. Para quê a prisão? Prisão de sentimentos, de paradigmas, de enganações.

Sinta amor doado, amar nunca é demais, não machuca e não tem a ver com retenção. Cuide dos sentimentos alheios, tenha ética, receba carinho, dê ainda mais. Use palavras sinceras e seja coerente nas ações.

Ser livre é sentir orgulho de si mesmo.

Viaje. Volte. Sua casa é você.

estrada_chiliqueria_liberdade_amor

Anúncios

Look de avião!

por Dulcineia Vitor

Sim sim, vamos nos preparar pra viajar. Afinal, janeiro tá aí, tempo de viagem, férias, visita aos parentes… Bora?!

Vamos começar com as oscilações de temperatura do aeroporto e avião, eles nunca estão em sintonia; e durante a viagem mesmo o avião pode perder e ganhar temperatura. Portanto, hidrate-se.

As roupas devem ter estilo, porque você deve chegar na cidade destino mostrando quem é. Não importa se é outro país ou estado vizinho, o que importa é causar boa impressão sempre. Descarte tecidos que amassem facilmente: 30 minutos sentada já é o bastante para maçarocar qualquer look.

O ideal é usar roupas em camadas, jaqueta-camiseta-regata, para que possa utilizar-se delas dependendo da temperatura. Use sempre calça, saias para nós mulheres é um horror para o, muitas vezes, gelo do avião, as pernas congelam e sentimos um frio de quase quebrar.

As calças devem ser de malha ou jeans, larguinho e sem strech. Os sapatos devem ser baixos e já laceados, nada de estrear o sapato que ganhou de uma tia distante no Natal… Vai que seu pé não se acostuma. Atente-se para sapatos que você possa calçar, descalçar e calçar de novo, porque em longas viagens é natural deixarmos os pés livres para mexer, mas por estarmos sentadas eles podem inchar, portanto, um sapato confortável nunca pode ser dispensado.

Cabelos sem penteados complicados, por favor! Use algo que dê para ajeitar assim que desencostar do banco: um reparador de pontas ou leave-in é sempre bom ter a mão.

E atenção, mexer as pernas, mesmo sentada, e esticar as panturilhas é lei para quem viaja de avião. Para viagens longas, é sempre bom usar meias elásticas, elas ajudam o sangue a circular e evitam qualquer desconforto da viagem aérea.

Pode ser meio clichê, mas seu estilo, diz muito sobre você! Arrase e uma ótima viagem!