Dias desleais

por Dulcineia Vitor

Quem disse que a vida é justa?

Nem sempre suas escolhas são certas e você aprende com os erros. Nem sempre a gratidão é devolvida aos seus atos de companheirismo. O amor pode não ser recíproco e a doença aparecer apesar de todos os cuidados.

O tempo mostra o que é real.

A tristeza daquele que não vive com a verdade, com o amor e com a sensibilidade é ter que conviver consigo, com a pessoa que se tornou. Porém, isso não significa que vá doer nele como doeu em você. Seu papel é olhar para vida com os olhos limpos, sem amarguras e se encorajar, porque os presentes mais lindos chegam. As pessoas mais especiais acalentam você e o fazem esquecer qualquer mazela.

Talvez não seja verdade que “todo mundo merece uma segunda chance”, existem pessoas que devemos deixar no caminho, antes que nos machuquem ainda mais, mas cada chance que damos à alguém que amamos é uma chance a nós de compartilhar aquilo de mais bonito que cultivamos, se for aproveitado muito bom, caso não, você amou. E amar ilumina nossa existência.

A vida é dura.

Bom na vida é o incomum destes olhos puros que amam você, que olham no fundo da alma e cuidam. Especial é o abraço longo que lhe aperta e assegura que nem tudo na vida é tão injusto assim… Inesquecível é aquela música que toca na hora certa para deixar claro que existem pensamentos como o seu, lhe conforta. Extraordinário é o toque nos cabelos, a brincadeira cúmplice, a verdade que se percebe rápido.

Não espere que alguém pague o mal que lhe fez… Deseje o bem. O envio de boas energias o faz proteger-se das más. Livre-se de todo o peso, guarde o que foi o bom. Ame mais. E siga.

Amor é forma de vida, e se a vida não é justa, você para de querer entender os porquês e simplesmente dá o que tem: amor. Dá para vida: para sua existência, para o seu caminho.

Os dias desleais virão, mas também irão.

Prepare-se com brilho nos olhos.

Image

Anúncios

6 respostas em “Dias desleais

  1. Sempre belas palavras… “Dá [amor] para vida: para sua existência, para o seu caminho.”.
    “Let me tell you a secret, put it in your heart and keep it”, sempre admirado com vc… parabéns!!!

  2. Não conseguir dormir e receber o presente que é te ler!! Seu texto fala de amor-próprio, porque o que cultivamos dentro de nós, colhemos e não importa o que vier de ruim, vc saberá que não é castigo para vc e que vc pode continuar seu caminho com amor, porque vc já tem o maior amor o seu por você. Eu já nem sei mais te dar os parabéns, porque vc é assim, tem esse brilhos nos olhos para a vida, que brilho, talvez eu tenha que dar os parabéns a quem cuidou de você e a fez tão linda!! Que bom ler esse texto hoje!!

  3. “Não espere que alguém pague o mal que lhe fez… Deseje o bem. O envio de boas energias o faz proteger-se das más. Livre-se de todo o peso, guarde o que foi o bom. Ame mais. E siga.”
    É isso aí, minha Macaca! Seguir, seguir é o melhor remédio! E o seu texto? Leve, puro, sincero, perfeito! Com palavras simples você disso tudo! Eu amo a sua simplicidade! Eu amo você! Os dias desleais irão e a felicidade baterá em sua porta. Aliás, está ouvindo: toc, toc… Ela chegou! Abra a porta e deixe ela entrar! Sirva um café e não a deixe nunca mais partir! Amo vc mesmo!

  4. a cada texto seu que leio, penso assim: ainda bem que ela é MINHA AMIGA e que ela pensa e age assim… a cada dia da sua amizade me sinto melhor, aprendo o melhor, me torno leve.
    PARABÉNS!! TE ADORO.

  5. Simplesmente lindo o texto, é gritante a sinceridade dos seus sentimentos expressos nessas palavras, meus olhos se enxeram de lagrimas ao lê-las e meu coração de felicidade e gratidão, muito mais do que sobre sentimentos, amores, felicidades e tristezas. você exemplificou de uma forma pratica uma lei universal, a Lei do retorno, aquela básica lei que diz que tudo que vai volta, ou que nós colhemos aquilo que plantamos.
    Sou extremamente grato por ter o prazer de ler suas palavra novamente e mais que isso, por você fazer parte da minha vida!

  6. Dulci, admito que esse texto foi de difícil leitura para mim. Mais uma vez senti o peso dos sentimentos em cada palavra escrita. Mas a maior lição que voce pode ter dado no texto foi a do “Não espere que alguém pague o mal que lhe fez… Deseje o bem.” e que “Os dias desleais virão, mas também irão.”. Esta última, me lembra muito um texto do Chico Xavier que basicamente fala que nada é por acaso e que assim como as alegrias são passageiras, as tristezas também são. Tudo passa. Nada é por acaso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s