Canção Íntima

por Dulcineia Vitor

“A vida é assim, Dulcineia.”

Eis a frase que mais me doeu ouvir, muito mais do que qualquer erro ou perda que eu tenha tido na vida. Mais que as vezes que caí de bicicleta, mais, muito mais do que quando não consegui levantar da cama, porque as dores do corpo e da alma me travavam.

Se a vida é assim, ela é dura e não perdoa. Se a vida é assim, você tem que ter foco no que quer e lutar sem se perder, o mínimo deslize é grave… Se a vida é assim, os momentos bons são para serem aproveitados e podem ser raros. Se a vida é assim, o amor deve ser suficiente as mazelas da vida… E a saudade pode corroer, já os sonhos podem ser o melhor lugar pra viver. Se a vida é assim, você pode conhecer a felicidade e de repente a perder.

Sim, a vida é assim.

Já errei, errei demais. Aprendi pouco, mas aprendi. Tentei consertar o que não consigo, tentei caminhar mais rápido sem forças… Progredi e regredi. Afinal, a vida é assim.

A vida é feita de escolhas, não é? E as consequências vem a cada decisão tomada.

Então, se vê a importância de aproveitar a brisa desta manhã tão bonita, os pingos de chuva tão refrescantes no fim de tarde… O sorriso mais bonito já visto, os sabores, os aromas. Se vê importância em comemorar as vitórias e esquecer os erros.

Esquecer as dores do passado, se alimentar de boas energias, viver o presente, fazer o possível para não errar com as pessoas que ama, não errar com ninguém, doar amor, ser gentil, dançar as melhores músicas – as suas, se reconstruir, perdoar, dar chance a si, fechar os olhos num abraço, se entregar.

“A vida é assim, Dulcineia” e ainda pode ser boa.

Ame.

Image

Anúncios

4 respostas em “Canção Íntima

  1. Dona Dulcinéia, sabe por quê eu te amo? Porque a vida é assim… Nela há amor, em nossas vidas: há amor! Portanto, eu te amo, simples assim!

  2. Sim, mesmo a vida sendo assim ela pode e é boa demais. Basta não nos prendermos nos nossos erros, mas na expectativa de acertar. E nós vamos acertar, ah vamos!!!!
    Te amo tanto que dói!
    Bjo minha little monkey!

  3. E detalhe: mesmo com o coração em frangalhos e os sonhos roubados (temporariamente) você ainda encontrar palavras para se expressar e faz um texto tão… tão… Isso é que é dom!!!
    Te amo mais ainda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s