Arrepio

por Dulcineia Vitor

É poesia.

Sente a pele pulsar, enquanto o coração acelera, suor desce no rosto e a respiração descompassa.

É fábula.

Amor, mas poder ser paixão. Pode ser amor apaixonado. Pode ser paixão física ou de alma. Só não pode ser o nada. Sempre é. E sempre forte.

É conto.

Fica do avesso é o lado certo. Fica inteiro é o pedaço que falta. Completa, retira, vira e desvira… Só não deixa, não perde, não esquece.

Respira, é loucura, é grito, é suspiro, é gemido, é dor, é carinho.

Acalma, xingou, bateu, apertou, apanhou, mordeu, tocou. Toque na alma, foi amado.

Man Kissing a Woman

Anúncios

6 respostas em “Arrepio

  1. Ui, ui, ui… Quanta emoção… Palavras maravilhosamente e perfeitamente escolhidas!!
    Amo tu.. e tu sabe né?!?!
    Beijo de macaca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s