Quão suficiente

por Dulcineia Vitor

Até quanto é suficiente? Deve-se encher o copo até a beirada ou só aqueles três goles que matam a sede? Nos damos conta mesmo de quando está no limite ou de quando já foi o suficiente?

Suficiente se ultrapassa ou se alcança?

Por ora, só quero entender essa palavra: suficiente. Dos conceitos, de tudo que nos empurram goela abaixo, seja a sociedade, sejam nossos pais; sempre ouvimos o quanto está bom, o quanto devemos alcançar. O quanto é suficiente.

Mas como suficiente? Suficiente para quem?

Suficiente por vezes me parece uma prisão, porque está lá no chegar, nunca está no partir. Como se a caminhada fosse inválida, daí o suficiente seria a linha de chegada, mas, muitas vezes não é, fica sendo a medalha, mas só se for a de ouro, estiver sol no dia e alguém fotografar. Aí é o suficiente! É?

Me aborrece pessoas que desvalorizam toda uma cruzada, história, caminho, já fiz isso, sei como é. Penso que cada pequena conquista nos constrói e faz parte de nós, e mesmo que ainda se queira mais, a ida até esse ‘mais’ faz parte de tudo, não tem suficiente.

Pra que suficiente? Não pode transbordar? Não pode parar e mudar a rota? Onde se mede o suficiente?

Como dizer à uma criança que já basta, já foi o suficiente na brincadeira de rodá-la. Ela quer mais, ela amou aquilo, aproveitou. Foi o suficiente para quem?

Tenho no meu coração que o que importa é ser feliz. Seja qual for a escolha, nos cabe ter cuidado com as pessoas, nos responsabilizarmos pelo que devemos e seguirmos com ética nossas vidas.

Considero que o segredo da felicidade  é entender que não há limite, não a linha de chegada, apenas há a vontade de ser feliz. E dá pra ser agora!

Bora?

Anúncios

8 respostas em “Quão suficiente

  1. Você vira pra mim, brinca e diz que eu tou com a pupila dilatada, e que tou apaixonada por você! Eu dou uma risada meia sem graça olho pra baixo com o meu jeito atrapalhado de ser e mudo de assunto!
    Mas na verdade, eu acho que não expresso muito bem, tudo o que eu sinto por você em tão pouco tempo! Eu sou apaixonada por você SIM! e amo você, mas é um amor tão sereno, tão tranqüilo, como se corresse nas minhas veias, o mesmo sangue que corre nas tuas… Como irmãs! Eu te admiro, eu sinto sua falta, a gente se bate, a gente se entende por olhares, e juntas, tudo fica bem, e com você, parece que nenhum problema pode acabar comigo, e ninguém pode me atingir, no teu abraço, eu encontro meu refugio! Eu te amo, incondicionalmente, como uma irmã. Você transmite pra mim, tudo que eu preciso ter de bom, todas as tuas palavras, teus conselhos, tudo que há de mais belo no mundo, você transmite pra mim, e é convivendo com você, e lendo posts como ESSE que eu vou aprender cada vez mais, a beleza da vida, junto ctg, sempre!

    Minha flor, meu bebe s2
    Lis.

    • Florzinha, vc tb é uma irmãzinha que a vida me deu. Precisa de uns puxões de orelha às vezes, mas está com os ouvidos sempre atentos para as minhas palavras.

      Obrigada por tudo!

  2. parabéns pelo blog!!
    é minha 1ª visita e gostei muito, acessei por uma imagem, e acabei lendo muitos dos posts, que energia positiva vc passa, saio renovado. obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s